fbpx

Próximos Eventos

Eventos Recentes

Nos dias 13 e 14 de novembro oferecemos aos funcionários e associados do plano de saúde SAMOC um treinamento voltado ao público masculino para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Para ser o facilitador deste tema, contamos com a enfermeira Carla Soares, Coordenadora do Programas da Atenção Básica em Saúde da SMS Itaguaí e professora universitária do Centro Universitário Celso Lisboa.

A neoplasia de próstata é o mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele. Na fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas e, quando apresenta, os mais comuns são: dificuldade de urinar; demora em começar e terminar de urinar; sangue na urina, diminuição do jato de urina e a necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite. Para investigar os sinais e sintomas de um câncer de próstata e descobrir se a doença está presente ou não, são feitos basicamente dois exames iniciais. Um deles é o exame de toque retal: o médico avalia tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto. O outro é o exame de PSA: é um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico (PSA). Níveis altos dessa proteína podem significar câncer, mas também doenças benignas da próstata.

Os participantes da palestra foram orientados sobre quais são as melhores maneiras de se prevenir contra o câncer de próstata, visto que já está comprovado que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes ajuda a diminuir o risco do aparecimento desta neoplasia, como também de outras doenças crônicas não-transmissíveis. Nesse sentido, outros hábitos saudáveis também foram recomendados, como realizar atividade física diariamente, manter o peso corporal adequado, evitar o consumo de álcool e de não fumar.

O Congresso

A AVFARMA participou da II Semana de Oncologia Brasileira realizada no Rio de janeiro do dia 23 ao dia 26 de outubro, promovida pela Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) em parceria com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica (SBCO) e a Sociedade Brasileira de Radioterapia (SBRT). Este ano o enfoque foi a multidisciplinaridade, em razão disso o evento reuniu o congresso das três sociedades de especialidades médicas e teve na sua abertura o pronunciamento dos seus presidentes, reforçando a importância da abordagem ao paciente com a promoção da prática clínica multidisciplinar e integrada, além de questões importantes acerca do diagnóstico e da terapêutica na oncologia com o avanço e a oferta de novas tecnologias, comparadas a realidade sobre o acesso a estas no Brasil.

Durante o evento, através do posicionamento de especialistas em oncologia clínica na apresentação de diferentes trials, foi possível observar grandes avanços no tratamento sistêmico com a incorporação de novos agentes biológicos e como, isoladamente ou associados a outras drogas, esses fármacos vem demonstrando melhora no prognóstico de diferentes tipos tumorais, com o aumento da sobrevida livre de progressão da doença  e menor perfil de toxicidade.

Chamaram atenção também outros temas abordados, como a oncogenética e a medicina de precisão, mensurando inclusive novos biomarcadores preditores de resposta à imunoterapia em algumas neoplasias; avanços no manejo de diferentes tipos de câncer; a fertilidade de pacientes em tratamento quimioterápico; pesquisa clínica; inteligência artificial em cirurgias e na prática médica da radioterapia. Além da possibilidade de encontrar diferentes especialistas reunidos para debater sobre casos clínicos, inclusive apresentados pela própria plateia.

Ocorreram também no evento o XX Congresso da Sociedade Brasileira de Enfermagem Oncológica (SBEO) e o VI Simpósio internacional de psico-oncologia. Excelente oportunidade de atualização aos participantes, nossos farmacêuticos também estiveram presentes no evento. Diferentes profissionais atuantes em oncologia no Brasil passaram em nosso stand, agradecemos o interesse e a presença de todos!

Nosso stand

A AVFARMA esteve presente com um stand para apresentar aos congressistas os serviços da AVFARMA de manipulação de injetáveis, fracionamento de orais e transformação de formas farmacêuticas. Os visitantes participaram de um game onde assistiam o vídeo institucional da AVFARMA e respondiam a um quiz que sorteava brindes especiais.

Ficamos felizes de estarmos presentes em um evento de grande importância como este e parabenizamos à SBOC pela organização.

Nos últimos anos a farmacoterapia em oncologia e onco-hematologia vem sofrendo uma mudança de paradigma. Segundo dados do FDA, enquanto entre os anos de 2001 a 2005, 4 medicamentos novos foram registrados nos EUA, entre 2015 e 2017 a indústria farmacêutica incorporou 23 novos medicamentos antineoplásicos orais no mercado (Klaus Meier, 2018).

Diferente da terapêutica com medicamentos injetáveis, o novo cenário aumenta a autonomia do paciente tornando-o ativo na farmacoterapia, trazendo aos profissionais de saúde um novo desafio. A necessidade do acompanhamento médico e farmacoterapêutico desses pacientes por farmacêuticos em colaboração com uma equipe multidisciplinar, objetivando contribuir com a melhoria dos resultados no uso dos medicamentos antineoplásicos orais, colaborando para sua máxima efetividade e segurança.

Nesse contexto foram convidados especialistas nas temáticas propostas para a realização da terceira edição do Seminário AVFARMA. Uma plateia de médicos e farmacêuticos reuniu-se no Hilton Copacabana no dia 14 de setembro para discutir sobre a farmacoterapêutica com medicamentos orais em oncologia: uma prática de assistência multiprofissional e interdisciplinar.

O oncologista clínico Dr Miguel Froimtchuk, iniciou o nosso seminário discursando sobre a evolução da oncologia clínica do século XX ao século XXI, moderado pelo nosso diretor técnico, Valério Ávila.

Em seguida, falaram sobre as suas experiências práticas e das suas equipes, atuando de forma interdisciplinar no acompanhamento clínico de pacientes idosos em terapia antineoplásica e sobre os resultados observados em 1 ano, a oncologista clínica Dra Bárbara Barros e a farmacêutica clínica Dra Déborah Marques. Ao final das suas palestras a Dra Cynthia Ferreira moderou a debate em uma mesa redonda formada pelas palestrantes.

Segundo a Dra Bárbara, após a implantação do serviço clínico farmacêutico, no acompanhamento farmacoterapêutico, foi possível observar maior integração entre as equipes envolvidas na assistência clínica aos pacientes da oncologia; diminuição de perdas de fármacos e melhora da qualidade de vida dos pacientes com maior adesão aos tratamentos e menor ocorrência de efeitos adversos.

Após a mesa redonda, o Dr Carlos Eduardo A. Pulz, PhD em farmacologia pela UNICAMP, ministrou uma aula de farmacologia atualizando o público presente com uma abordagem ampla sobre a biodisponibilidade oral de medicamentos.

Moderada pela nossa farmacêutica especialista na área magistral, Dra Eneida Silvério, se apresentou em seguida a Dra Samanta Cardozo Mourão, PhD em Ciências farmacêuticas pela USP. Atualmente, professora na UFF, com ampla experiência no desenvolvimento, produção e controle de formulações de liberação convencional ou modificada com ênfase na avaliação biofarmacêutica. Na sua palestra relembramos conceitos farmacotécnicos e os principais fatores que são impactados na transformação das formas farmacêuticas sólidas, a biodisponibilidade e a estabilidade.

Segundo a Dra Samanta, diante da necessidade do uso do medicamento pela via oral e a inviabilidade da mesma, é inevitável à farmacoterapêutica, a aplicação do processo de transformação magistral a forma farmacêutica para possibilitar seu uso. Porém, é necessário que seja realizado com segurança. Pois a abordagem nesse processo depende do conhecimento técnico dos aspectos relacionados as características físico-químicas dos princípios ativos, da forma farmacêutica, da formulação e do seu processo de obtenção. A fonte desse conhecimento técnico vem da experimentação, mas também pode ser otimizada e deve ser fomentada por estudos, guias e revisões disponíveis.

Finalizamos com o Dr Cassio Pessanha, falando brilhantemente sobre o gerenciamento de riscos no uso de medicamentos orais na assistência em oncologia, através da elucidação de casos clínicos.

Agradecemos a todos os presentes, aos palestrantes pela enorme contribuição e, em especial a nossa equipe de farmacêuticos, Dr Robson Andrade como mestre de cerimônias e as moderadoras, Dra Cynthia Oliveira, Dra Paula Conde, Dra Nathalia Ramos e Dra Eneida Silverio. Parabéns pela atuação!

 

Referências:

  • Klaus Meier. EMJ. 2018;3[2]:60-68.

INTRODUÇÃO SOBRE ÁREAS LIMPAS E EQUIPAMENTOS ASSOCIADOS

Nessa edição foram abordados conceitos, ensaios e requisitos para o funcionamento de Áreas Limpas em acordo com a legislação vigente. Bem como aspectos relacionados ao adequado funcionamento e uso de Cabines de Fluxo Unidirecional e de Segurança Biológica.

Devido a crescente demanda por conteúdo científico relacionado a assuntos farmacêuticos, o CENTRO DE ESTUDOS AVFARMA está promovendo Reuniões Científicas periódicas. Um projeto totalmente gratuito com foco na atualização do público farmacêutico.

Na primeira edição, o tema abordado foi:

O Risco Associado aos Serviços de Terapia Antineoplásica e Aspectos Relevantes da Inspeção Sanitária

Com a palestrante convidada: Dra. Ana Luisa Mauro da Superintendência de Vigilância Sanitária do Estado do Rio de Janeiro

Farmacêutica formada pela Universidade Federal Fluminense. Mestre em Farmacologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e especialização em Vigilância Sanitária de Medicamentos pela ENSP/FIOCRUZ. Concluindo a Pós-Graduação em Farmácia Estética. Trabalha há mais de 18 anos na Superintendência de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado de Saúde, tendo passado pelos setores de Indústria de Cosméticos, Indústria de Medicamentos e  Núcleo de Segurança do Paciente.

Para celebrar a nossa primeira reunião, tivemos também um coquetel de inauguração. Veja as fotos!

Congresso de Farmácia Hospitalar – SBRAFH

No Centro de Convenções do Ceará, em Fortaleza do dia 23 ao dia 25 de maio aconteceu o XII Congresso Brasileiro de Farmácia Hospitalar, um dos maiores congressos da área. O encontro teve como objetivo oferecer uma visão ampla do papel e da atuação dos farmacêuticos em diversas áreas, em especial, na prática clínica embasada em evidências científicas proporcionados pela pesquisa, ensino e assistência.

O congresso da Sociedade Brasileira de farmácia hospitalar (Sbrafh) é atualmente um dos eventos mais tradicionais da comunidade farmacêutica brasileira, servindo de cenário para debates e fóruns sobre o avanço da profissão, dos benefícios das melhores práticas e a integração de conhecimentos com outros segmentos das ciências sociais e da saúde. A AVFARMAfoi uma das patrocinadoras do congresso e esteve presente expondo seus trabalhos científicos.

Segundo a presidente do congresso e da SBRAFH, Maely Peçanha Fávero Retto, em um mundo globalizado, com inúmeras inovações científicas e tecnológicas, os custos crescentes do setor da saúde e a realidade econômica atual, a participação em eventos torna-se uma grande chance de busca pelo conhecimento e, também, do estabelecimento de novas parcerias. A Sbrafh, nos últimos dois anos, fez crescer sua representatividade no cenário nacional ao abrir regionais em praticamente todos os estados do país, tornando mais próximas as realidades e aumentando a troca de experiências entre os profissionais.

A AVFARMA, representada pela consultora técnica Cynthia Ferreira, esteve presente nos 3 dias do evento. Nossa farmacêutica nos trouxe alguns dos conhecimentos disseminados no evento, como relatos de experiências positivas na gestão da linha de cuidados de pacientes com câncer e acompanhamento clínico a pacientes que utilizam quimioterapia oral.

Palestras voltadas para área de farmacoeconomia sobre a partilha de riscos em serviços públicos de saúde, com a participação da advogada Renata Curi e sobre farmacovigilância com um representante da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária foram os pontos altos do evento, segundo a farmacêutica da AVFARMA. Para ela, essa proximidade com outros farmacêuticos da área e com os seus clientes proporciona uma troca de conhecimentos e também a difusão dos conceitos e serviços prestados pela empresa.

Os presentes no congresso puderam ter acesso ao material de divulgação da AVFARMA, distribuídos através das pastas dos congressistas e assim conhecer um pouco mais do nosso trabalho.

Confira as fotos do que aconteceu no evento abaixo!

Em São Paulo, na Expo Center Norte, do dia 21 a 24 de maio aconteceu uma das maiores feiras do segmento hospitalar do Brasil, a HOSPITALAR. Essa feira será a 26ª edição e teve o intuito de gerar oportunidade de negócios e trazer desenvolvimento tecnológico para o setor, demonstrando vários pontos estratégicos para empresas do segmento da saúde.

A Hospitalar é multissetorial, abrange todos os setores da saúde e foi representada por cinco diferentes setores na feira. São eles: Hospitalar Tecnologia, Hospitalar Facilities, Hospitalar Internacional, Hospitalar Internação e Hospitalar Consumíveis.

A participação da AVFARMA na feira Hospitalar tem como objetivo adquirir conhecimento de novas tecnologias, além de realizar networking com pessoas influentes e tomadores de decisão. Somados a isso, é uma excelente oportunidade de observar como o mercado está se comportando, fechar parcerias e descobrir as principais tendências do mercado para um futuro não tão distante.

Para tanto, priorizaremos a participação em fóruns como o que a Organização Nacional de Acreditação (ONA) promoverá. Segundo Cláudio José Allgayer, presidente desta organização, “Nestes 20 anos a ONA tem se dedicado à melhoria contínua na gestão de processos, no melhor atendimento ao paciente e na qualidade dos serviços de saúde. Levar essas palestras ao público é, sem dúvidas, mais uma maneira de reafirmar nosso compromisso com o setor de saúde”.

Veja nas fotos um pouco mais sobre o evento!

O Complexo Hospitalar de Niterói é referência nacional no segmento de Transplantes de Medula Óssea, liderando o ranking como hospital privado que mais realiza transplantes de medula óssea no estado do Rio de Janeiro. No próximo dia 25 de abril o CHN realizará a IV Jornada de Transplantes de Medula Óssea do CHN no H Hotel Niterói, com o objetivo de incentivar o debate sobre transplantes, agregando atualizações, novas abordagens no atendimento e boas práticas em condutas terapêuticas. O evento vai reunir um público de cerca de 200 pessoas, entre médicos e profissionais de saúde ligados à área de TMO, no horário das 7:30 às 18h.

A AVFARMA realiza a manipulação de medicamentos que são utilizados nos procedimentos de transplantes de medula óssea no Complexo Hospitalar de Niterói e nos orgulhamos de ser um dos patrocinadores desse evento tão importante.

 

5 anos do Serviço de oncologia do Hospital Federal de Ipanema

Em março de 2019, o serviço de oncologia do Hospital Federal de Ipanema completou cinco anos.  E a AVFARMA esteve presente, durante todo esse período, prestando um serviço de excelência. E para fortalecer essa parceria, a AVFARMA ofereceu aos colaboradores do setor de enfermagem um treinamento de reciclagem. Neste evento, foram abordados assuntos relacionados aos procedimentos e dos processos que ambas as instituições compartilham para um bom funcionamento do setor da oncologia.

Como o aniversário do setor é em março e este setor é predominantemente composto de mulheres, oferecemos mimos a todas colaboradoras em comemoração ao dia internacional das mulheres. Sem elas, nada disso acontecia.

OUTUBRO ROSA – SAMOC SAÚDE

O câncer de mama é o tipo de câncer mais incidente nas mulheres. Para falar sobre esta patologia e promover a conscientização e prevenção, o tema da campanha esse ano no cliente Samoc Saúde foi “Outubro rosa – Todos juntos nessa causa.”

25 a 27/10/2018

VI Congresso de Farmácia Hospitalar em Oncologia do INCA

Treinamento farmácia e enfermagem UNIMED Petrópolis

Quem: Palestras: farm. Robson Andrade e enfa. Silvia Beatriz.

Sobre: Treinamento in loco, oferecido pela AVFarma para seus clientes sobre aspectos técnicos de farmácia e enfermagem.

Quando: Agosto 2018

Semana de enfermagem SAMOC

Quando: Julho/2018

II Seminário de Gestores em Saúde

Tema: Avanços no preparo diferenciados de medicamentos aspectos técnicos e econômicos

Onde: Hotel Windsor Flórida, RJ

Data: Abril 2018

I Seminário de Gestores em Saúde

Tema: Manipulação, produção e distribuição da BCG

Onde: Hotel Windsor Flórida, RJ

Data: Novembro 2013

3º Encontro de Farmacêuticos em Oncologia

Tema: O papel do farmacêutico hospitalar na terapia antineoplásica

Onde: Hotel Windsor Flórida, RJ

Data: Abril 2012

Editorial

“Os encontros científicos são sempre produtivos, pois temos a oportunidade de adquirir conhecimentos de uma forma simples e descontraída através de contatos com nossos colegas de profissão”. No 3º Encontro de Farmacêuticos em Oncologia, nossa empresa quis proporcionar justamente esta oportunidade: Falar de Oncologia com o objetivo de aportar o Farmacêutico Hospitalar de temas relacionados nesse campo tão extenso. Considerando que as Unidades Hospitalares recebem pacientes oncológicos em caráter emergencial, em condição de transplantes ou até mesmo em outras condições especiais, o conhecimento por parte destes Farmacêuticos sobre o manuseio de medicamentos oncológicos, o tratamento adequado dos resíduos, a avaliação das prescrições, além de outros aspectos, são ações fundamentais deste profissional. Mesmo que todo o processo esteja vinculado a um serviço terceirizado, o conhecimento se torna fundamental para o sucesso da terapia. A participação efetiva dos colegas farmacêuticos, o excelente nível dos palestrantes foram fundamentais para alcançarmos êxito neste nosso encontro.

O papel do farmacêutico hospitalar na terapia antineoplásica

No 3° encontro de farmacêuticos em oncologia promovido pela empresa AVFARMA, o ciclo de palestras fora iniciado pela apresentação da Dr. Adriana Scheliga, que pode expor alguns dos desafios encontrados nos tratamentos onco-hematológicos, no dia a dia da clínica. Nesta palestra, pudemos aprender um pouquinho mais sobre o desenvolvimento de anticorpos monoclonais utilizados nos mais diversos tipos de leucemias e linfomas, além de procedimentos de transplante de medula óssea.

Na palestra sobre as vantagens e desvantagens da utilização de dose unitárias pelos hospitais, o Dr. Wilson Follador mostra que este sistema é fundamentado na distribuição de medicamentos baseados em alguns determinantes, como: individualização de medicamentos, dose, horários de aprazamento, controle de todas as fazes do processo, etc. Este método traz diversos benefícios aos sistemas de saúde como o aproveitamento máximo das apresentações disponíveis no mercado, minimização de perdas e sobras inutilizadas, além do incremento para qualidade e segurança dos medicamentos devido à concentração de atos de acordo com as melhores competências.

No que tange fornecedores e prestadores de serviços, segundo Dr. Ana Paula Queiroz, o ponto chave deste assunto é a avaliação e o processo de qualificação e monitoramento dos mesmos. Como farmacêutica atuante no âmbito hospitalar, a palestrante nos mostra as etapas necessárias para um processo de qualificação de fornecedores e prestadores de serviços. Este processo pode ser resumido em duas etapas. A primeira é o desenvolvimento dos fornecedores e a segunda fase diz respeito a qualificação propriamente dita. A palestrante termina mostrando a dificuldade para se colocar em prática estas premissas, porém nos mostra também as vantagens que um trabalho bem feito nesta ordem pode agregar ao serviço hospitalar.

Com relação aos cuidados de enfermagem, na palestra da enfermeira Shirlei Ferreira, tivemos a chance de aprofundar nossos conhecimentos a cerca da via endovenosa, de alguns medicamentos com características irritantes e vesicantes e sobre questões relacionadas a extravasamentos de quimioterápicos. Foram discutidos ordem e o tempo de infusão dos medicamentos antineoplásicos, além das preciosas orientações quanto a biossegurança e cuidados de enfermagem na área de oncologia.

Segundo a apresentação do Dr. Marcelo Sobral, o termo farmácia clínica tem vários significado, porém todos têm em comum o intuito a garantir o uso seguro e racional de medicamentos, visando uma farmacoterapia segura. Nesta atmosfera estão englobados os conceitos de atenção e assistência farmacêuticas. Devido à alta complexidade dos medicamentos envolvidos na terapia anticâncer, a probabilidade de erros de medicamentos é maior e para uma melhor qualidade de vida e maior sobrevida destes pacientes, a proposta de um acompanhamento farmacoterapêutico é recomendada. Um forma para se obter sucesso neste acompanhamento é a extração de informações dos prontuários quantificando e qualificando os dados e perseverança para ultrapassar os obstáculos.

E finalizando a programação do dia, a Dr. Débora Dummer nos mostra que o processo de carcinogênese pode ser dividido em algumas fases distintas. São elas: Insensibilidades aos fatores antiproliterativos, autossuficiência em fatores de crescimento, evasão a apoptose, angiogênese sustentada, imortalidade, invasão tecidual e metástase. Em vista disto, a biologia molecular vem desenvolvendo medicamentos específicos para cada estágio desses. Pudemos aprender, também, sobre a importância dos biomarcadores para o desenvolvimento de testes com impacto direto no rápido diagnóstico, prognóstico e tratamentos dos pacientes com câncer. A pesquisadora conclui que em alguns anos será o perfil genético que definirá o melhor tratamento para cada indivíduo.

Encontro de Farmacêuticos em Oncologia

Tema: Qualidade no serviço aliada ao aprimoramento profissional

Onde: Hotel Windsor Flórida, RJ

Data: Agosto 2011

Apesar do ensolarado sábado do dia 07 de agosto, o 2º Encontro de Farmacêuticos em Oncologia, promovido pela AVFARMA, farmácia de manipulação de medicamentos antineoplásicos, reuniu cerca de 100 farmacêuticos na sala de conferências do Hotel Windsor Flórida, no Flamengo. Com o objetivo de promover a integração com estes profissionais de diversas unidades hospitalares do Estado do Rio de Janeiro, a AVFARMA promove encontros anuais e estimula a elaboração e apresentação de trabalhos científicos.

O tema deste ano “Qualidade no serviço aliada ao aprimoramento profissional” esteve alinhado com a principal preocupação da empresa: a manutenção da qualidade de seu produto em todas as etapas de produção. Segundo Dr. Valério Ávila, diretor da empresa, eventos como esse são essenciais para suprir as necessidades profissionais dos farmacêuticos hospitalares e melhor capacitá-los em Oncologia. “Para mantermos a qualidade do nosso produto, é necessário o aperfeiçoamento de todos os envolvidos no processo, desde o recebimento dos medicamentos, passando pela infusão até o descarte dos mesmos. Por isso, tomamos a iniciativa de levar a eles o conhecimento sobre os processos oncológicos”, explica.

Dr. Miguel Froimtchuk, médico oncologista e diretor do grupo Oncologistas Associados (OAL), recebeu os participantes e abriu o evento destacando que a AVFARMA adquiriu, desde a sua inauguração, não só expertise em farmácia, como também em gestão de medicamentos. “Nós ficamos gratamente surpresos com o interesse despertado por este Encontro e pela presença de tantos profissionais. Esta é uma área em desenvolvimento e uma tendência no mercado. E precisamos sempre ter a preocupação com a qualidade de nosso trabalho”, disse. Dr. Miguel lembrou o início da carreira na década de 70 e os avanços no tratamento oncológico desde então. “Hoje temos medicamentos biológicos que estão mudando a história da Oncologia. Vamos chegar a um momento em que a ciência será completamente individualizada e os tratamentos serão personalizados de acordo com cada paciente”, afirmou referindo-se à primeira palestra do dia “Alvos Moleculares no desenvolvimento dos fármacos”, apresentada pelo farmacêutico Dr. Fábio Alves (UFF).

Entre os destaques do evento, estão também as palestras sobre “Avanços em Farmacologia Oncológica”, da Dra. Bianca Alves (Inca), e “Biossegurança” apresentada pela Dra. Ana Paula Queiroz (Hemorio e Conselho Regional de Farmácia).

Durante os intervalos – coffee breaks e almoço – os participantes puderam conhecer um pouco mais sobre as outras empresas do grupo OAL. Instalados em uma sala anexa, representantes da clínica Oncologistas Associados, AVFARMA, Nutriente (farmácia de manipulação em terapia nutricional), Nutriente Express (distribuidora de produtos nutricionais prontos), Over Medicamentos (distribuidora de medicamentos oncológicos) e Innomed (clínica de infusão) apresentavam seus produtos em stands individualizados, levando a todos o conhecimento da atuação em diferentes mercados do grupo Oncologistas Associados.

1º  Encontro de Farmacêuticos em Oncologia

Tema: Farmacoeconomia na Realidade Brasileira

Onde: Hotel Windsor Flórida, RJ

Data: Maio 2010